quinta-feira, 14 de abril de 2016

Desalento

ratos fogem para o esgoto
aquele que escorre
viscoso
pela grande tela
mas há uma segunda
esparramada por nossas mãos
que permite outra voz
outras vozes
o contraditório
a pluralidade
e lá disputa-se até o fim
e acredita-se que é possível
lutar sempre
por algo melhor
mesmo quando o pior
se avizinha
e os ratos comemoram

Nenhum comentário: